fundo parallax

Facho de Luz

Curabitur malesuada
7 de dezembro de 2016

Letra e música: Bel Girão

V ejo-me em outros tempos
Como se em outras vidas o passado tivesse nos apresentado.
Delicadamente o encontro não marcado nos arrastou.
As dores findavam ao nos vermos
O sorriso surgia
A poesia sempre estava presente.
Era o amor que se buscava
Era a vida que insistia em nos querer ali.

Ah, esse tempo passado
Prestes a se tornar presente
Como no sonho que tive ao te ver passar
Por entre aquele facho de luz

Ah, essa tua beleza ...
Esse teu olhar ...
Encanto desenhado em teus traços
Desejo de te ter entre meus braços.

Nulla imperdiet sit amet magna